Blog

Por que castrar é um ato de amor?
By: Amanda
Tags:,
dez 12, 2018
Por MV Alessandra Benedetti

Existem vários mitos sobre a castração e sobre o que acontece com os animais que passam por esse procedimento. Vamos falar e esclarecer cada um deles?

  • O animal que castra, engorda mais.
    Mito! Cães e gatos devem manter uma alimentação adequada e atividades físicas regulares sendo castrados ou não. O pet engorda quando a ingestão de alimentos e calorias é maior que o gasto calórico.
  • Meu pet vai sofrer na cirurgia.
    Mito! Muitas pessoas ainda acreditam que os animais não recebem anestesia e analgesia adequadas. Isso é mito, pois para passar pelo procedimento cirúrgico, o animal precisa estar em plano anestésico adequado, ou seja, estar dormindo profundamente. Resumindo, ele não sente nada e nem lembra do que aconteceu.
  • Se castrar, meu pet vai ficar triste e quieto.
    Mito! Isso está relacionado à personalidade do animal. Animais com muita energia continuarão assim. Apenas as fugas para buscar cadelas e gatas no cio e brigas constantes serão comportamentos modificados. Vale lembrar que o estimulo à brincadeiras e passeios deve sempre ser reforçado pelo tutor.
  • Meu cão vai sofrer por não poder cruzar.
    Mito! Após a cirurgia, o cão não estará ciente de nada do que aconteceu. Útero, ovários, tubas uterinas, testículos são extraídos na cirurgia de castração, ou seja, o animal não estará mais sujeito a efeitos hormonais e os instintos de procriação não existirão mais, fazendo com que eles vivam com mais tranquilidade.
  • Minha cadela precisa ter pelo menos uma cria antes de castrar.
    Mito! O ideal é castrar antes do primeiro cio para evitar problemas futuros.
  • A castração evita gravidez psicológica.
    Verdade! As fêmeas castradas não passarão por esse inconveniente, que as fazem até mesmo produzir leite e apresentar dor nas mamas.
  • A castração reduz riscos de problemas de saúde.
    Verdade! O risco dos animais desenvolverem certos tumores em idade avançada é bastante reduzido com a castração. A castração também evita a ocorrência de doenças sexualmente transmissíveis.

 

A castração é um ato de amor e só traz benefícios ao seu animal. Castrar é bom porque diminui a chance de doenças, evita fugas, diminui comportamentos ruins, evita a procriação desordenada, a superpopulação, além de evitar o abandono.