Ampara Animais Silvestres - Melhores ONGs

Blog

Higiene do seu cachorro: banho e pós-passeio

Cuidar regularmente da higiene do seu cão é muito importante, ainda mais durante a pandemia que estamos enfrentando. Aqui, trazemos algumas informações de como fazer isso da forma correta, sem exageros e da melhor forma para garantirmos o bem-estar físico e psicológico do seu animal.

Escovar é um bom começo! Se possível, escove o pelo do seu cão a cada 2 dias, de forma suave e com uma escova apropriada, para tirar os pelos mortos, evitar nós e emaranhados. A escovação gentil também é uma forma de carinho e ajuda a controlar a queda.

Se o animal estiver com sujeiras nas patas e orelhas, limpe com produtos apropriados, lenços umedecidos para cães ou uma gaze com água morna e sabão neutro. Sempre inspecione a pelagem no meio dos dedos e as orelhas para ver se não há carrapatos e pulgas, especialmente nos meses mais quentes. Verifique as patas do seu cão com frequência para garantir que pedras, espinhos ou carrapichos não estejam presos a eles.

Mantenha as unhas do seu cão aparadas para que não fiquem incomodando no passeio e para que não enganchem em nada. Observe sempre com cuidado a unha do quinto dedo, pois esta pode crescer muito, dobrar e até entrar na pele causando muita dor e incômodo.

Não tente cortar as unhas do seu cão se você não se sentir confortável, se não tiver um cortador apropriado e se não souber como fazer em segurança.  Dentro da unha existe um vaso e se você cortá-la muito curta, ela pode sangrar e causar muita dor e desconforto.

Se o seu animal tem pelo longo, procure cortar o pelo que cresce ao redor dos olhos para facilitar sua visão, e se sua casa tiver piso liso, procure aparar o pelo que fica entre os dedos para evitar que seu cão escorregue pelo excesso de pelo nos coxins.

É preciso lembrar que não devemos dar muitos banhos no cão e não devemos nunca usar produtos “humanos”, a menos que seja indicado por seu veterinário.

Não dê mais de um banho por semana, o ideal seriam banhos a cada 15 ou 21 dias. Dar muitos banhos no animal pode tirar a camada lipídica, que é protetora da pele, predispondo a dermatites. Só dê banhos com muita frequência se forem banhos medicamentosos indicados pelo seu veterinário.

Evite usar perfumes ou produtos perfumados. O olfato do cão é extremamente sensível e isso pode causar-lhe angústia e desconforto.

Em relação a escovação dos dentes, os cães também precisam de cuidados dentais, portanto converse com seu veterinário. O ideal seria escovar todos os dias para prevenir a placa bacteriana, o mau hálito e as doenças periodontais em geral. Mas lembre-se sempre de usar produtos especiais para cães e nunca utilizar sua pasta de dentes.

Manter a pele, as unhas, os dentes, as orelhas, os olhos e as patas do seu cão limpos é bom para ele e também para você. Cuidar nunca é demais!

 

Texto: Rosangela Gebara – Veterinária e Gerente de Projetos da AMPARA Animal.