Blog

Como proteger o seu pet no inverno?
By: Amanda
Tags:,
jun 25, 2019
Por Tatiana Beserra

As temperaturas mais frias já deram um gostinho do que vem por aí e já entramos, de fato, no inverno. Este é o momento para saber como proteger o seu pet no inverno porque, sim, ele também pode sentir frio.

Quando as temperaturas caem, nós já sofremos muito e nos encapotamos com muitas roupas, meias, botas, cachecóis – itens indispensáveis para nos deixar quentinhos. Mas o que fazer em relação ao seu pet?

Assim como os humanos, os animais sofrem com o frio e a queda brusca da umidade do ar. Por isso, você deve ficar atento aos cuidados necessários para evitar qualquer problema de saúde com seu pet.

O que fazer para proteger o seu pet do frio?

Por mais que eles tenham pelos, os animais também correm riscos de saúde com a chegada do outono e mais ainda com o inverno. A proteção de cães e gatos contra resfriados, doenças respiratórios, problemas osteo-articulares deve ser prioridade para os tutores, principalmente quando o animal é filhotinho ou idoso.

Mantê-los aquecidos, longe de ventos e umidade ajudam a proteger a saúde do seu pet no inverno. Outra dica importante é oferecer cobertores e uma casinha quentinha para o seu animal. Ela deve ser apropriada e mantida em um local longe de qualquer situação de desconforto. Poucos sabem, mas deixar casinhas em lavanderias abertas ou quintais podem desencadear problemas de saúde graves.

Aposte em roupinhas quentinhas e cobertores ou mantas que aqueçam, pois, durante a madrugada, as temperaturas caem ainda mais. Em cidades localizadas em regiões de muita mata ou no sul do país devem ter cuidado redobrado. Se for viajar com seu melhor amigo, pesquise sobre a temperatura local para não deixar o seu companheiro em apuros.

Caso você não consiga uma casinha mais fechada, ofereça um abrigo fora do tempo e forre-o com jornal, papelão e uma manta, que vai ajudar a isolar qualquer frio que possa afetá-lo.

O animal JAMAIS deve ficar ao relento, no frio ou na chuva, muito menos no calor. Da mesma forma que um ser humano sofre nessas condições, os cães e gatos também podem adoecer.

Cuidado com os banhos no inverno

Nessa época do ano é bom evitar banhos constantes. Cães e gatos peludos podem ter dificuldades na hora de secar os pelos. Além disso, evite tosá-los nessa estação, pois assim eles ficam mais protegidos contra o frio.

Se o seu pet tiver pelo curto, aposte em roupinhas e capas de proteção. Foque no conforto do animal e não apenas na beleza. Use roupinhas que não prejudiquem a mobilidade do seu pet. Evite sair com o animal em garoas ou horários de baixas temperaturas, como de manhã ou à noite.

Atenção com a saúde do seu pet

Mantenha uma alimentação balanceada para o seu pet o ano todo. Como no inverno o corpo necessita de mais energia para produzir calor e mantê-lo aquecido, é importante cuidar das refeições para os níveis de nutrientes fiquem em ordem sem prejudicar o seu peso.

No inverno, é permitido aumentar até 20% a quantidade de ração, dependendo do animal, peso e tamanho. Consulte um médico veterinário antes para determinar a exata quantidade a ser acrescentada.

Além disso, uma dica muito importante é manter as vacinas em dia para reduzir as chances de doenças transmitidas por vírus ou gripe.

Como identificar se o seu pet está doente?

Além das dicas já dadas neste texto, aqui vão outras que são imprescindíveis para manter a saúde e proteger o seu pet no inverno:

  • Verifique suas patinhas. Se elas estiverem frias, é sinal de que o seu pet está com frio. Portanto, coloque roupas quentes imediatamente;
  • Durante o inverno, não tose o seu cão;
  • Ao notar que o seu animal está inquieto, ansioso, tremendo, cavando lugares para se aquecer, leve-o ao veterinário o quanto antes. Ele pode estar sofrendo de hipotermia;
  • Filhotes, cães idosos ou com alguma síndrome devem receber atenção redobrada no inverno;
  • Assim como no verão, coloque botinhas ou sapatinhos para que o animal evite ficar com as patas no chão gelado. Elas podem queimar com o frio, machucando e trazendo riscos de infecções e inflamações;
  • Independente da temperatura, sempre deixe água fresca disponível para o seu animal. Coloque vasilhas em locais longe da chuva e do frio, acessíveis e confortáveis para o pet.

Manter esses cuidados com o seu animal é sinal de amor e empatia. Assim como a saúde dos seres humanos pode ficar comprometida no inverno, saber como proteger o seu pet nesta época do ano é imprescindível para você ter anos e anos ao lado do seu peludinho amado.