Ampara Animais Silvestres - Melhores ONGs

Blog

Como cuidar do seu pet em viagens de carro

Quem tem pet sabe que o peludo é um membro da família. E na hora de viajar, é preciso planejar alguns detalhes para que o trajeto não seja desconfortável para o animalzinho.

Diferente dos gatos, que geralmente ficam desconfortáveis com mudanças na rotina e no espaço, os cachorros costumam ser ótimos companheiros de viagem. Mas é importante que a atenção comece logo na escolha do destino, para que seu amiguinho possa desfrutar do passeio e curtir as merecidas férias na cia de seus tutores. Lembre-se sempre de escolher uma hospedagem que aceite animais. E nunca deixei o animalzinho sozinho! Afinal, ele está fora de casa e sentirá muito mais a solidão.

Destino escolhido, é hora de preparar o transporte! Aqui vão 10 dicas para que você seu pet tenham uma viagem feliz!

1- Conheça bem o seu filho canino

Existem cães que ficam tristes ou estressados em lugares diferentes de casa e não conseguem se adaptar. Podem latir mais do que o normal, chorar e até fazer as necessidades em locais indevidos. Nesse caso, o ideal é que seja feita uma viagem mais curta.

2- Acostume seu pet

Comece transportando seu bichinho regularmente por períodos maiores no carro. Deixe que ele se acostume com distâncias mais longas dentro do veículo para que não se sinta mal durante uma viagem.

3- Transporte seguro

Deixar seu cachorro completamente solto dentro do carro não é seguro. Além de não reter sua desaceleração repentina, o animal pode acabar tirando sua atenção da estrada enquanto se movimenta pelo carro. Procure adequar seu animal de acordo com o porte dele. Para animais pequenos, existem caixas para transporte seguro de animais (não precisa ser aquela jaulinha) que se prendem ao cinto de segurança do carro. Para os animais de médio e grande porte, você pode utilizar um adaptador que se conecta ao cinto de segurança. Assim, ele vai poder se aconchegar nos bancos traseiros e ficar conectado ao carro.

4- Não exagere na alimentação do animal antes da viagem

Encher seu animal de comida antes de viajar pode causar enjoo no animal, além de aumentar as chances de ele aliviar as necessidades dentro do carro. O ideal é que o bichinho coma pelo menos quatro (4) horas antes da viagem e beba água uma (1) hora antes.

5- Faça paradas regulares

Quando se viaja em grupo, o motorista deve sempre ficar atento às necessidades de parada dos outros passageiros. Com os animais não deve ser diferente. Fique atento à necessidade de parar para dar uma volta, alongar as pernas, beber água e comer um pouco. Seu bichinho não pode falar, por isso faça um cronograma com paradas que respeitem um intervalo de tempo saudável para ele.

6- Leve brinquedos e carinho

Para um gato ou cachorro hiperativo, passar muito tempo dentro de um lugar fechado e sem poder se movimentar demais é muito triste. Por isso, você pode levar alguns brinquedos e fazer uns carinhos para que ele se distraia e passe o tempo com menos estresse.

7- Leve o documento de vacinação do animal

A ficha de vacinação do seu cachorro é um documento que pode te ajudar com os maiores cuidados de saúde. Além de comprovar o registro de que o animalzinho te pertence, você estará precavido caso precise levá-lo a um veterinário.

8- Fique atento às multas

Se seu cachorro colocar a cabeça para fora da janela, ficar entre suas pernas e braços, ficar entre o motorista e a porta esquerda ou, até mesmo, caso você retire as mãos do volante para dar atenção ao seu pet, tudo isso está sujeito à multa perante o código brasileiro de trânsito.

9- Atenção à temperatura

Manter a temperatura do carro próxima a temperatura externa é importante para a saúde e o bem-estar do animal. Nada de ar-condicionado na temperatura mínima.

10- Verifique se seu animal não está estressado

Existem no mercado de pet shop calmantes naturais. Informe-se sobre a melhor opção com o seu veterinário, caso isso seja necessário.

Dica extra

Outro produto que pode facilitar a sua vida são as fraldas veterinárias, que podem evitar um “desastre” na viagem.