Adote


A adoção de animais é uma forma de contribuir para que este quadro triste se reverta.  Contudo a adoção dever ser responsável, com consciência das necessidades e direitos do animal a ser adotado:
1 – A família toda deve consentir, respeitar e, se possível, colaborar para cuidar do novo ente da casa. Se todos dividirem as tarefas no trato do animal ele estará muito bem acolhido.
2 – Esteja ciente dos custos. Os animais precisam de ração e água à disposição, de um espaço adequado para brincar, não devem ser acorrentados e precisam regularmente de atendimento veterinário.
3 – Não procrie seu animal. A castração é um ato de amor, ela contribui para o controle populacional dos animais, auxilia no comportamento, evita fugas, doenças como Câncer e Piometra, acaba com disputa territorial, brigas e xixi fora do lugar.
4 – Animais não são descartáveis. Quando for tirar férias, providencie algum lugar para seu amigo ficar ou alguém que vá até a sua casa para cuidar dele. Existem muitos hotéis pets e cuidadores para te ajudar. Além disso, caso mude de país, cheque a legislação. A maioria dos lugares permitem a entrada de animais domésticos com seus donos e as companhias aéreas fazem esse transporte regularmente.
4 – Gatos precisam de proteção dobrada. Telas e redes de proteção são indispensáveis para que o animal não caia. Além disso, não permita as “voltinhas noturnas”. O animal pode procriar, ser envenenado, se perder ou ser atropelado.
3 – Em caso de cães, passeios são imprescindíveis e devem ser feitos antes das 10h e depois das 16h, ou o sol pode queimar suas patinhas. Lembre-se, as necessidades do animal devem ser recolhidas.
5 – Eduque de forma carinhosa seu animal. É necessário impor limites, conforme orientação do veterinário responsável, de forma firme, mas nunca cruel. Lembre-se, filhotes requerem atenção dobrada. Nessa fase de desenvolvimento, é preciso paciência dobrada.


O adotante deve ter mais de 18 anos, apresentar o comprovante de residência e o RG, permitir visitas, ter uma forma segura de transportar o animal e passar pela triagem, que avalia questões ligadas ao perfil familiar, rotina do adotante, histórico com animais, segurança e necessidades do animal.


Brigitte

Brigitte é uma frajolinha de 8 anos que gosta de colo e de pessoas. Se dá bem com outros gatos.

Adotar

Kié

Kié é um machinho de 6 anos muito carinhoso. Também gosta de outros gatinhos.

Adotar


Peto

Peto é um machinho de 6 anos que é mais “na dele”. Não gosta de colo e costuma ficar embaixo do sofá.

Adotar

Pitica

Pitica tem 2 anos, não é de ir no colo, mas gosta de pessoas e outros felinos.

Adotar


Rômulo André

Rômulo estava perdido nas ruas de São Paulo, foi diagnosticado com FELV, o que dificulta a sua adoção. Adora um “calinho” no pelinho o dia todo. Aliás, seu nome poderia ser Rômulo Carinhoso André! Rômulinho tem cerca de 2 anos e já foi castrado, então está prontinho para ganhar uma casa!

Adotar

Cristal

Cristal é uma gatinha que tem pouco mais de 1 ano. Ela teve cria em um estacionamento e, apesar de ser bem cuidada por lá, não era um local seguro pra ela viver. É extremamente dócil e carinhosa, adora companhia humana, mas é preciso ganhar sua confiança antes. Está castrada e vacinada e tem uma pelagem escaminha super exótica e linda.

Adotar


Esmeralda

Esmeralda é uma das filhotas da Cristal, que também está para adoção. Nasceu a cara da mãe, com uma pelagem bem exótica e, detalhe, tem uma patinha dianteira de cada cor – uma bem clarinha e a outra, inteira preta. Fora os olhos cor de mel que são um charme. Esmeralda tem em torno de 8 meses, é arteira, adora brincar e comer melancia. Já está castrada e vacinada.

Adotar

Sapo

O Sapo é um gatinho de aproximadamente 3 anos e está no abrigo desde bebê. Nunca saiu de lá, e ainda não sabe o que é o aconchego de ter uma família. Ainda! É um gatinho um pouco tímido no início, mas faz amizade rapidinho e aí é só carinho. Está castrado e vacinado, prontinho para achar sua família. Já se apaixonou?

Adotar


Silver

A Silver é essa jovem senhora de uma beleza sem igual. Tem pouco mais de 10 anos e chegou no abrigo bem novinha e já prenha. Fazia parte de uma feroz colônia resgatada em 2009 e, desde então, espera pela sua família. Seus filhotes nasceram já em segurança e todos foram adotados, mas ela ficou pra trás. Hoje ela entende que humanos podem ser bons e, por isso, aceita carinho e colo, mas não deixa de lado a sua independência. Está vacinada e castrada, doidinha para conhecer o verdadeiro amor.

Adotar

Ágata

Ágata era apenas uma gatinha, miudinha, quando foi resgatada de madrugada em uma avenida muito movimentada. Chegou no abrigo em 2012 e, devido ao preconceito por ser pretinha, viu muitos dos seus amigos resgatados depois, serem adotados primeiro. Está há muito tempo pronta, vacinada e castrada. Tem de 6 para 7 anos e, apesar de nunca ter tido uma família, tem sempre muito amor para dar aos humanos.

Adotar


Perninha

Perninha é um gatão lindo que foi resgatado no final de 2017 junto com vários outros gatinhos, em um casarão abandonado no centro de SP. Tem por volta de 4 anos e é um bichinho mais que especial: tem uma pequena deficiência em uma das patinhas traseiras, mas faz de tudo e é totalmente independente! Convive muito bem com outros gatos, já foi castrado e vacinado e espera ansiosamente pela sua família.

Adotar