Adote

A adoção de animais é uma forma de contribuir para que este quadro triste se reverta.  Contudo a adoção dever ser responsável, com consciência das necessidades e direitos do animal a ser adotado:

1 – A família toda deve consentir, respeitar e, se possível, colaborar para cuidar do novo ente da casa. Se todos dividirem as tarefas no trato do animal ele estará muito bem acolhido.

2 – Esteja ciente dos custos. Os animais precisam de ração e água à disposição, de um espaço adequado para brincar, não devem ser acorrentados e precisam regularmente de atendimento veterinário.

3 – Não procrie seu animal. A castração é um ato de amor, ela contribui para o controle populacional dos animais, auxilia no comportamento, evita fugas, doenças como Câncer e Piometra, acaba com disputa territorial, brigas e xixi fora do lugar.

4 – Animais não são descartáveis. Quando for tirar férias, providencie algum lugar para seu amigo ficar ou alguém que vá até a sua casa para cuidar dele. Existem muitos hotéis pets e cuidadores para te ajudar. Além disso, caso mude de país, cheque a legislação. A maioria dos lugares permitem a entrada de animais domésticos com seus donos e as companhias aéreas fazem esse transporte regularmente.

4 – Gatos precisam de proteção dobrada. Telas e redes de proteção são indispensáveis para que o animal não caia. Além disso, não permita as “voltinhas noturnas”. O animal pode procriar, ser envenenado, se perder ou ser atropelado.

3 – Em caso de cães, passeios são imprescindíveis e devem ser feitos antes das 10h e depois das 16h, ou o sol pode queimar suas patinhas. Lembre-se, as necessidades do animal devem ser recolhidas.

5 – Eduque de forma carinhosa seu animal. É necessário impor limites, conforme orientação do veterinário responsável, de forma firme, mas nunca cruel. Lembre-se, filhotes requerem atenção dobrada. Nessa fase de desenvolvimento, é preciso paciência dobrada.

 

Para adotar um animal conosco, pela internet ou nos nossos eventos, é necessário:

– Ser maior de 18 anos

– Apresentar o comprovante de residência e o RG

– Ter equipamento de transporte do animal: caixinha, coleira ou cinto de segurança para carro

– Passar pela triagem, que avalia questões ligadas ao perfil familiar, rotina e histórico do adotante,  segurança e necessidades do animal.

 

A adoção de animais é uma forma de contribuir para que este quadro triste se reverta.  Contudo a adoção dever ser responsável, com consciência das necessidades e direitos do animal a ser adotado:

1 – A família toda deve consentir, respeitar e, se possível, colaborar para cuidar do novo ente da casa. Se todos dividirem as tarefas no trato do animal ele estará muito bem acolhido.

2 – Esteja ciente dos custos. Os animais precisam de ração e água à disposição, de um espaço adequado para brincar, não devem ser acorrentados e precisam regularmente de atendimento veterinário.

3 – Não procrie seu animal. A castração é um ato de amor, ela contribui para o controle populacional dos animais, auxilia no comportamento, evita fugas, doenças como Câncer e Piometra, acaba com disputa territorial, brigas e xixi fora do lugar.

4 – Animais não são descartáveis. Quando for tirar férias, providencie algum lugar para seu amigo ficar ou alguém que vá até a sua casa para cuidar dele. Existem muitos hotéis pets e cuidadores para te ajudar. Além disso, caso mude de país, cheque a legislação. A maioria dos lugares permitem a entrada de animais domésticos com seus donos e as companhias aéreas fazem esse transporte regularmente.

4 – Gatos precisam de proteção dobrada. Telas e redes de proteção são indispensáveis para que o animal não caia. Além disso, não permita as “voltinhas noturnas”. O animal pode procriar, ser envenenado, se perder ou ser atropelado.

3 – Em caso de cães, passeios são imprescindíveis e devem ser feitos antes das 10h e depois das 16h, ou o sol pode queimar suas patinhas. Lembre-se, as necessidades do animal devem ser recolhidas.

5 – Eduque de forma carinhosa seu animal. É necessário impor limites, conforme orientação do veterinário responsável, de forma firme, mas nunca cruel. Lembre-se, filhotes requerem atenção dobrada. Nessa fase de desenvolvimento, é preciso paciência dobrada.

 

Para adotar um animal conosco, pela internet ou nos nossos eventos, é necessário:

– Ser maior de 18 anos

– Apresentar o comprovante de residência e o RG

– Ter equipamento de transporte do animal: caixinha, coleira ou cinto de segurança para carro

– Passar pela triagem, que avalia questões ligadas ao perfil familiar, rotina e histórico do adotante,  segurança e necessidades do animal.

 

A adoção de animais é uma forma de contribuir para que este quadro triste se reverta.  Contudo a adoção dever ser responsável, com consciência das necessidades e direitos do animal a ser adotado:

1 – A família toda deve consentir, respeitar e, se possível, colaborar para cuidar do novo ente da casa. Se todos dividirem as tarefas no trato do animal ele estará muito bem acolhido.

2 – Esteja ciente dos custos. Os animais precisam de ração e água à disposição, de um espaço adequado para brincar, não devem ser acorrentados e precisam regularmente de atendimento veterinário.

3 – Não procrie seu animal. A castração é um ato de amor, ela contribui para o controle populacional dos animais, auxilia no comportamento, evita fugas, doenças como Câncer e Piometra, acaba com disputa territorial, brigas e xixi fora do lugar.

4 – Animais não são descartáveis. Quando for tirar férias, providencie algum lugar para seu amigo ficar ou alguém que vá até a sua casa para cuidar dele. Existem muitos hotéis pets e cuidadores para te ajudar. Além disso, caso mude de país, cheque a legislação. A maioria dos lugares permitem a entrada de animais domésticos com seus donos e as companhias aéreas fazem esse transporte regularmente.

4 – Gatos precisam de proteção dobrada. Telas e redes de proteção são indispensáveis para que o animal não caia. Além disso, não permita as “voltinhas noturnas”. O animal pode procriar, ser envenenado, se perder ou ser atropelado.

3 – Em caso de cães, passeios são imprescindíveis e devem ser feitos antes das 10h e depois das 16h, ou o sol pode queimar suas patinhas. Lembre-se, as necessidades do animal devem ser recolhidas.

5 – Eduque de forma carinhosa seu animal. É necessário impor limites, conforme orientação do veterinário responsável, de forma firme, mas nunca cruel. Lembre-se, filhotes requerem atenção dobrada. Nessa fase de desenvolvimento, é preciso paciência dobrada.

 

Para adotar um animal conosco, pela internet ou nos nossos eventos, é necessário:

– Ser maior de 18 anos

– Apresentar o comprovante de residência e o RG

– Ter equipamento de transporte do animal: caixinha, coleira ou cinto de segurança para carro

– Passar pela triagem, que avalia questões ligadas ao perfil familiar, rotina e histórico do adotante,  segurança e necessidades do animal.

 

brisa

Brisa é uma gatinha amorosa e dócil. Está pronta para adoção e para dar muito carinho.

Adotar

elis

Elis tem 1 ano, é muito carinhosa e ama brincar! Agora, está esperando um lar!

Adotar

luckadotefim

Luck é muito macio e carinhoso. Está pronto para adoção e para dar muito amor.

Adotar

joaoemariaadotefim

Melhor que adotar um gatinho, é adotar dois! Garantia de amor em dobro! Adote os irmãos João e Maria!

Adotar

A adoção de animais é uma forma de contribuir para que este quadro triste se reverta.  Contudo a adoção dever ser responsável, com consciência das necessidades e direitos do animal a ser adotado:

1 – A família toda deve consentir, respeitar e, se possível, colaborar para cuidar do novo ente da casa. Se todos dividirem as tarefas no trato do animal ele estará muito bem acolhido.

2 – Esteja ciente dos custos. Os animais precisam de ração e água à disposição, de um espaço adequado para brincar, não devem ser acorrentados e precisam regularmente de atendimento veterinário.

3 – Não procrie seu animal. A castração é um ato de amor, ela contribui para o controle populacional dos animais, auxilia no comportamento, evita fugas, doenças como Câncer e Piometra, acaba com disputa territorial, brigas e xixi fora do lugar.

4 – Animais não são descartáveis. Quando for tirar férias, providencie algum lugar para seu amigo ficar ou alguém que vá até a sua casa para cuidar dele. Existem muitos hotéis pets e cuidadores para te ajudar. Além disso, caso mude de país, cheque a legislação. A maioria dos lugares permitem a entrada de animais domésticos com seus donos e as companhias aéreas fazem esse transporte regularmente.

4 – Gatos precisam de proteção dobrada. Telas e redes de proteção são indispensáveis para que o animal não caia. Além disso, não permita as “voltinhas noturnas”. O animal pode procriar, ser envenenado, se perder ou ser atropelado.

3 – Em caso de cães, passeios são imprescindíveis e devem ser feitos antes das 10h e depois das 16h, ou o sol pode queimar suas patinhas. Lembre-se, as necessidades do animal devem ser recolhidas.

5 – Eduque de forma carinhosa seu animal. É necessário impor limites, conforme orientação do veterinário responsável, de forma firme, mas nunca cruel. Lembre-se, filhotes requerem atenção dobrada. Nessa fase de desenvolvimento, é preciso paciência dobrada.

 

Para adotar um animal conosco, pela internet ou nos nossos eventos, é necessário:

– Ser maior de 18 anos

– Apresentar o comprovante de residência e o RG

– Ter equipamento de transporte do animal: caixinha, coleira ou cinto de segurança para carro

– Passar pela triagem, que avalia questões ligadas ao perfil familiar, rotina e histórico do adotante,  segurança e necessidades do animal.

 

brisa

Brisa é uma gatinha amorosa e dócil. Está pronta para adoção e para dar muito carinho.

Adotar

elis

Elis tem 1 ano, é muito carinhosa e ama brincar! Agora, está esperando um lar!

Adotar

luckadotefim

Luck é muito macio e carinhoso. Está pronto para adoção e para dar muito amor.

Adotar

joaoemariaadotefim

Melhor que adotar um gatinho, é adotar dois! Garantia de amor em dobro! Adote os irmãos João e Maria!

Adotar

brisa

Brisa é uma gatinha amorosa e dócil. Está pronta para adoção e para dar muito carinho.

Adotar

elis

Elis tem 1 ano, é muito carinhosa e ama brincar! Agora, está esperando um lar!

Adotar

luckadotefim

Luck é muito macio e carinhoso. Está pronto para adoção e para dar muito amor.

Adotar

joaoemariaadotefim

Melhor que adotar um gatinho, é adotar dois! Garantia de amor em dobro! Adote os irmãos João e Maria!

Adotar

A adoção de animais é uma forma de contribuir para que este quadro triste se reverta.  Contudo a adoção dever ser responsável, com consciência das necessidades e direitos do animal a ser adotado:

1 – A família toda deve consentir, respeitar e, se possível, colaborar para cuidar do novo ente da casa. Se todos dividirem as tarefas no trato do animal ele estará muito bem acolhido.

2 – Esteja ciente dos custos. Os animais precisam de ração e água à disposição, de um espaço adequado para brincar, não devem ser acorrentados e precisam regularmente de atendimento veterinário.

3 – Não procrie seu animal. A castração é um ato de amor, ela contribui para o controle populacional dos animais, auxilia no comportamento, evita fugas, doenças como Câncer e Piometra, acaba com disputa territorial, brigas e xixi fora do lugar.

4 – Animais não são descartáveis. Quando for tirar férias, providencie algum lugar para seu amigo ficar ou alguém que vá até a sua casa para cuidar dele. Existem muitos hotéis pets e cuidadores para te ajudar. Além disso, caso mude de país, cheque a legislação. A maioria dos lugares permitem a entrada de animais domésticos com seus donos e as companhias aéreas fazem esse transporte regularmente.

4 – Gatos precisam de proteção dobrada. Telas e redes de proteção são indispensáveis para que o animal não caia. Além disso, não permita as “voltinhas noturnas”. O animal pode procriar, ser envenenado, se perder ou ser atropelado.

3 – Em caso de cães, passeios são imprescindíveis e devem ser feitos antes das 10h e depois das 16h, ou o sol pode queimar suas patinhas. Lembre-se, as necessidades do animal devem ser recolhidas.

5 – Eduque de forma carinhosa seu animal. É necessário impor limites, conforme orientação do veterinário responsável, de forma firme, mas nunca cruel. Lembre-se, filhotes requerem atenção dobrada. Nessa fase de desenvolvimento, é preciso paciência dobrada.

 

Para adotar um animal conosco, pela internet ou nos nossos eventos, é necessário:

– Ser maior de 18 anos

– Apresentar o comprovante de residência e o RG

– Ter equipamento de transporte do animal: caixinha, coleira ou cinto de segurança para carro

– Passar pela triagem, que avalia questões ligadas ao perfil familiar, rotina e histórico do adotante,  segurança e necessidades do animal.

 

A adoção de animais é uma forma de contribuir para que este quadro triste se reverta.  Contudo a adoção dever ser responsável, com consciência das necessidades e direitos do animal a ser adotado:

1 – A família toda deve consentir, respeitar e, se possível, colaborar para cuidar do novo ente da casa. Se todos dividirem as tarefas no trato do animal ele estará muito bem acolhido.

2 – Esteja ciente dos custos. Os animais precisam de ração e água à disposição, de um espaço adequado para brincar, não devem ser acorrentados e precisam regularmente de atendimento veterinário.

3 – Não procrie seu animal. A castração é um ato de amor, ela contribui para o controle populacional dos animais, auxilia no comportamento, evita fugas, doenças como Câncer e Piometra, acaba com disputa territorial, brigas e xixi fora do lugar.

4 – Animais não são descartáveis. Quando for tirar férias, providencie algum lugar para seu amigo ficar ou alguém que vá até a sua casa para cuidar dele. Existem muitos hotéis pets e cuidadores para te ajudar. Além disso, caso mude de país, cheque a legislação. A maioria dos lugares permitem a entrada de animais domésticos com seus donos e as companhias aéreas fazem esse transporte regularmente.

4 – Gatos precisam de proteção dobrada. Telas e redes de proteção são indispensáveis para que o animal não caia. Além disso, não permita as “voltinhas noturnas”. O animal pode procriar, ser envenenado, se perder ou ser atropelado.

3 – Em caso de cães, passeios são imprescindíveis e devem ser feitos antes das 10h e depois das 16h, ou o sol pode queimar suas patinhas. Lembre-se, as necessidades do animal devem ser recolhidas.

5 – Eduque de forma carinhosa seu animal. É necessário impor limites, conforme orientação do veterinário responsável, de forma firme, mas nunca cruel. Lembre-se, filhotes requerem atenção dobrada. Nessa fase de desenvolvimento, é preciso paciência dobrada.

 

Para adotar um animal conosco, pela internet ou nos nossos eventos, é necessário:

– Ser maior de 18 anos

– Apresentar o comprovante de residência e o RG

– Ter equipamento de transporte do animal: caixinha, coleira ou cinto de segurança para carro

– Passar pela triagem, que avalia questões ligadas ao perfil familiar, rotina e histórico do adotante,  segurança e necessidades do animal.

 

brisa

Brisa é uma gatinha amorosa e dócil. Está pronta para adoção e para dar muito carinho.

Adotar

elis

Elis tem 1 ano, é muito carinhosa e ama brincar! Agora, está esperando um lar!

Adotar

luckadotefim

Luck é muito macio e carinhoso. Está pronto para adoção e para dar muito amor.

Adotar

joaoemariaadotefim

Melhor que adotar um gatinho, é adotar dois! Garantia de amor em dobro! Adote os irmãos João e Maria!

Adotar

A adoção de animais é uma forma de contribuir para que este quadro triste se reverta.  Contudo a adoção dever ser responsável, com consciência das necessidades e direitos do animal a ser adotado:

1 – A família toda deve consentir, respeitar e, se possível, colaborar para cuidar do novo ente da casa. Se todos dividirem as tarefas no trato do animal ele estará muito bem acolhido.

2 – Esteja ciente dos custos. Os animais precisam de ração e água à disposição, de um espaço adequado para brincar, não devem ser acorrentados e precisam regularmente de atendimento veterinário.

3 – Não procrie seu animal. A castração é um ato de amor, ela contribui para o controle populacional dos animais, auxilia no comportamento, evita fugas, doenças como Câncer e Piometra, acaba com disputa territorial, brigas e xixi fora do lugar.

4 – Animais não são descartáveis. Quando for tirar férias, providencie algum lugar para seu amigo ficar ou alguém que vá até a sua casa para cuidar dele. Existem muitos hotéis pets e cuidadores para te ajudar. Além disso, caso mude de país, cheque a legislação. A maioria dos lugares permitem a entrada de animais domésticos com seus donos e as companhias aéreas fazem esse transporte regularmente.

4 – Gatos precisam de proteção dobrada. Telas e redes de proteção são indispensáveis para que o animal não caia. Além disso, não permita as “voltinhas noturnas”. O animal pode procriar, ser envenenado, se perder ou ser atropelado.

3 – Em caso de cães, passeios são imprescindíveis e devem ser feitos antes das 10h e depois das 16h, ou o sol pode queimar suas patinhas. Lembre-se, as necessidades do animal devem ser recolhidas.

5 – Eduque de forma carinhosa seu animal. É necessário impor limites, conforme orientação do veterinário responsável, de forma firme, mas nunca cruel. Lembre-se, filhotes requerem atenção dobrada. Nessa fase de desenvolvimento, é preciso paciência dobrada.

 

Para adotar um animal conosco, pela internet ou nos nossos eventos, é necessário:

– Ser maior de 18 anos

– Apresentar o comprovante de residência e o RG

– Ter equipamento de transporte do animal: caixinha, coleira ou cinto de segurança para carro

– Passar pela triagem, que avalia questões ligadas ao perfil familiar, rotina e histórico do adotante,  segurança e necessidades do animal.

 

brisa

Brisa é uma gatinha amorosa e dócil. Está pronta para adoção e para dar muito carinho.

Adotar

elis

Elis tem 1 ano, é muito carinhosa e ama brincar! Agora, está esperando um lar!

Adotar

luckadotefim

Luck é muito macio e carinhoso. Está pronto para adoção e para dar muito amor.

Adotar

joaoemariaadotefim

Melhor que adotar um gatinho, é adotar dois! Garantia de amor em dobro! Adote os irmãos João e Maria!

Adotar

brisa

Brisa é uma gatinha amorosa e dócil. Está pronta para adoção e para dar muito carinho.

Adotar

elis

Elis tem 1 ano, é muito carinhosa e ama brincar! Agora, está esperando um lar!

Adotar

luckadotefim

Luck é muito macio e carinhoso. Está pronto para adoção e para dar muito amor.

Adotar

joaoemariaadotefim

Melhor que adotar um gatinho, é adotar dois! Garantia de amor em dobro! Adote os irmãos João e Maria!

Adotar

A adoção de animais é uma forma de contribuir para que este quadro triste se reverta.  Contudo a adoção dever ser responsável, com consciência das necessidades e direitos do animal a ser adotado:

1 – A família toda deve consentir, respeitar e, se possível, colaborar para cuidar do novo ente da casa. Se todos dividirem as tarefas no trato do animal ele estará muito bem acolhido.

2 – Esteja ciente dos custos. Os animais precisam de ração e água à disposição, de um espaço adequado para brincar, não devem ser acorrentados e precisam regularmente de atendimento veterinário.

3 – Não procrie seu animal. A castração é um ato de amor, ela contribui para o controle populacional dos animais, auxilia no comportamento, evita fugas, doenças como Câncer e Piometra, acaba com disputa territorial, brigas e xixi fora do lugar.

4 – Animais não são descartáveis. Quando for tirar férias, providencie algum lugar para seu amigo ficar ou alguém que vá até a sua casa para cuidar dele. Existem muitos hotéis pets e cuidadores para te ajudar. Além disso, caso mude de país, cheque a legislação. A maioria dos lugares permitem a entrada de animais domésticos com seus donos e as companhias aéreas fazem esse transporte regularmente.

4 – Gatos precisam de proteção dobrada. Telas e redes de proteção são indispensáveis para que o animal não caia. Além disso, não permita as “voltinhas noturnas”. O animal pode procriar, ser envenenado, se perder ou ser atropelado.

3 – Em caso de cães, passeios são imprescindíveis e devem ser feitos antes das 10h e depois das 16h, ou o sol pode queimar suas patinhas. Lembre-se, as necessidades do animal devem ser recolhidas.

5 – Eduque de forma carinhosa seu animal. É necessário impor limites, conforme orientação do veterinário responsável, de forma firme, mas nunca cruel. Lembre-se, filhotes requerem atenção dobrada. Nessa fase de desenvolvimento, é preciso paciência dobrada.

 

Para adotar um animal conosco, pela internet ou nos nossos eventos, é necessário:

– Ser maior de 18 anos

– Apresentar o comprovante de residência e o RG

– Ter equipamento de transporte do animal: caixinha, coleira ou cinto de segurança para carro

– Passar pela triagem, que avalia questões ligadas ao perfil familiar, rotina e histórico do adotante,  segurança e necessidades do animal.

 

A adoção de animais é uma forma de contribuir para que este quadro triste se reverta.  Contudo a adoção dever ser responsável, com consciência das necessidades e direitos do animal a ser adotado:

1 – A família toda deve consentir, respeitar e, se possível, colaborar para cuidar do novo ente da casa. Se todos dividirem as tarefas no trato do animal ele estará muito bem acolhido.

2 – Esteja ciente dos custos. Os animais precisam de ração e água à disposição, de um espaço adequado para brincar, não devem ser acorrentados e precisam regularmente de atendimento veterinário.

3 – Não procrie seu animal. A castração é um ato de amor, ela contribui para o controle populacional dos animais, auxilia no comportamento, evita fugas, doenças como Câncer e Piometra, acaba com disputa territorial, brigas e xixi fora do lugar.

4 – Animais não são descartáveis. Quando for tirar férias, providencie algum lugar para seu amigo ficar ou alguém que vá até a sua casa para cuidar dele. Existem muitos hotéis pets e cuidadores para te ajudar. Além disso, caso mude de país, cheque a legislação. A maioria dos lugares permitem a entrada de animais domésticos com seus donos e as companhias aéreas fazem esse transporte regularmente.

4 – Gatos precisam de proteção dobrada. Telas e redes de proteção são indispensáveis para que o animal não caia. Além disso, não permita as “voltinhas noturnas”. O animal pode procriar, ser envenenado, se perder ou ser atropelado.

3 – Em caso de cães, passeios são imprescindíveis e devem ser feitos antes das 10h e depois das 16h, ou o sol pode queimar suas patinhas. Lembre-se, as necessidades do animal devem ser recolhidas.

5 – Eduque de forma carinhosa seu animal. É necessário impor limites, conforme orientação do veterinário responsável, de forma firme, mas nunca cruel. Lembre-se, filhotes requerem atenção dobrada. Nessa fase de desenvolvimento, é preciso paciência dobrada.

 

Para adotar um animal conosco, pela internet ou nos nossos eventos, é necessário:

– Ser maior de 18 anos

– Apresentar o comprovante de residência e o RG

– Ter equipamento de transporte do animal: caixinha, coleira ou cinto de segurança para carro

– Passar pela triagem, que avalia questões ligadas ao perfil familiar, rotina e histórico do adotante,  segurança e necessidades do animal.

 

A adoção de animais é uma forma de contribuir para que este quadro triste se reverta.  Contudo a adoção dever ser responsável, com consciência das necessidades e direitos do animal a ser adotado:

1 – A família toda deve consentir, respeitar e, se possível, colaborar para cuidar do novo ente da casa. Se todos dividirem as tarefas no trato do animal ele estará muito bem acolhido.

2 – Esteja ciente dos custos. Os animais precisam de ração e água à disposição, de um espaço adequado para brincar, não devem ser acorrentados e precisam regularmente de atendimento veterinário.

3 – Não procrie seu animal. A castração é um ato de amor, ela contribui para o controle populacional dos animais, auxilia no comportamento, evita fugas, doenças como Câncer e Piometra, acaba com disputa territorial, brigas e xixi fora do lugar.

4 – Animais não são descartáveis. Quando for tirar férias, providencie algum lugar para seu amigo ficar ou alguém que vá até a sua casa para cuidar dele. Existem muitos hotéis pets e cuidadores para te ajudar. Além disso, caso mude de país, cheque a legislação. A maioria dos lugares permitem a entrada de animais domésticos com seus donos e as companhias aéreas fazem esse transporte regularmente.

4 – Gatos precisam de proteção dobrada. Telas e redes de proteção são indispensáveis para que o animal não caia. Além disso, não permita as “voltinhas noturnas”. O animal pode procriar, ser envenenado, se perder ou ser atropelado.

3 – Em caso de cães, passeios são imprescindíveis e devem ser feitos antes das 10h e depois das 16h, ou o sol pode queimar suas patinhas. Lembre-se, as necessidades do animal devem ser recolhidas.

5 – Eduque de forma carinhosa seu animal. É necessário impor limites, conforme orientação do veterinário responsável, de forma firme, mas nunca cruel. Lembre-se, filhotes requerem atenção dobrada. Nessa fase de desenvolvimento, é preciso paciência dobrada.

 

Para adotar um animal conosco, pela internet ou nos nossos eventos, é necessário:

– Ser maior de 18 anos

– Apresentar o comprovante de residência e o RG

– Ter equipamento de transporte do animal: caixinha, coleira ou cinto de segurança para carro

– Passar pela triagem, que avalia questões ligadas ao perfil familiar, rotina e histórico do adotante,  segurança e necessidades do animal.

 

brisa

Brisa é uma gatinha amorosa e dócil. Está pronta para adoção e para dar muito carinho.

Adotar

elis

Elis tem 1 ano, é muito carinhosa e ama brincar! Agora, está esperando um lar!

Adotar

luckadotefim

Luck é muito macio e carinhoso. Está pronto para adoção e para dar muito amor.

Adotar

joaoemariaadotefim

Melhor que adotar um gatinho, é adotar dois! Garantia de amor em dobro! Adote os irmãos João e Maria!

Adotar

A adoção de animais é uma forma de contribuir para que este quadro triste se reverta.  Contudo a adoção dever ser responsável, com consciência das necessidades e direitos do animal a ser adotado:

1 – A família toda deve consentir, respeitar e, se possível, colaborar para cuidar do novo ente da casa. Se todos dividirem as tarefas no trato do animal ele estará muito bem acolhido.

2 – Esteja ciente dos custos. Os animais precisam de ração e água à disposição, de um espaço adequado para brincar, não devem ser acorrentados e precisam regularmente de atendimento veterinário.

3 – Não procrie seu animal. A castração é um ato de amor, ela contribui para o controle populacional dos animais, auxilia no comportamento, evita fugas, doenças como Câncer e Piometra, acaba com disputa territorial, brigas e xixi fora do lugar.

4 – Animais não são descartáveis. Quando for tirar férias, providencie algum lugar para seu amigo ficar ou alguém que vá até a sua casa para cuidar dele. Existem muitos hotéis pets e cuidadores para te ajudar. Além disso, caso mude de país, cheque a legislação. A maioria dos lugares permitem a entrada de animais domésticos com seus donos e as companhias aéreas fazem esse transporte regularmente.

4 – Gatos precisam de proteção dobrada. Telas e redes de proteção são indispensáveis para que o animal não caia. Além disso, não permita as “voltinhas noturnas”. O animal pode procriar, ser envenenado, se perder ou ser atropelado.

3 – Em caso de cães, passeios são imprescindíveis e devem ser feitos antes das 10h e depois das 16h, ou o sol pode queimar suas patinhas. Lembre-se, as necessidades do animal devem ser recolhidas.

5 – Eduque de forma carinhosa seu animal. É necessário impor limites, conforme orientação do veterinário responsável, de forma firme, mas nunca cruel. Lembre-se, filhotes requerem atenção dobrada. Nessa fase de desenvolvimento, é preciso paciência dobrada.

 

Para adotar um animal conosco, pela internet ou nos nossos eventos, é necessário:

– Ser maior de 18 anos

– Apresentar o comprovante de residência e o RG

– Ter equipamento de transporte do animal: caixinha, coleira ou cinto de segurança para carro

– Passar pela triagem, que avalia questões ligadas ao perfil familiar, rotina e histórico do adotante,  segurança e necessidades do animal.

 

brisa

Brisa é uma gatinha amorosa e dócil. Está pronta para adoção e para dar muito carinho.

Adotar

elis

Elis tem 1 ano, é muito carinhosa e ama brincar! Agora, está esperando um lar!

Adotar

luckadotefim

Luck é muito macio e carinhoso. Está pronto para adoção e para dar muito amor.

Adotar

joaoemariaadotefim

Melhor que adotar um gatinho, é adotar dois! Garantia de amor em dobro! Adote os irmãos João e Maria!

Adotar

brisa

Brisa é uma gatinha amorosa e dócil. Está pronta para adoção e para dar muito carinho.

Adotar

elis

Elis tem 1 ano, é muito carinhosa e ama brincar! Agora, está esperando um lar!

Adotar

luckadotefim

Luck é muito macio e carinhoso. Está pronto para adoção e para dar muito amor.

Adotar

joaoemariaadotefim

Melhor que adotar um gatinho, é adotar dois! Garantia de amor em dobro! Adote os irmãos João e Maria!

Adotar

A adoção de animais é uma forma de contribuir para que este quadro triste se reverta.  Contudo a adoção dever ser responsável, com consciência das necessidades e direitos do animal a ser adotado:

1 – A família toda deve consentir, respeitar e, se possível, colaborar para cuidar do novo ente da casa. Se todos dividirem as tarefas no trato do animal ele estará muito bem acolhido.

2 – Esteja ciente dos custos. Os animais precisam de ração e água à disposição, de um espaço adequado para brincar, não devem ser acorrentados e precisam regularmente de atendimento veterinário.

3 – Não procrie seu animal. A castração é um ato de amor, ela contribui para o controle populacional dos animais, auxilia no comportamento, evita fugas, doenças como Câncer e Piometra, acaba com disputa territorial, brigas e xixi fora do lugar.

4 – Animais não são descartáveis. Quando for tirar férias, providencie algum lugar para seu amigo ficar ou alguém que vá até a sua casa para cuidar dele. Existem muitos hotéis pets e cuidadores para te ajudar. Além disso, caso mude de país, cheque a legislação. A maioria dos lugares permitem a entrada de animais domésticos com seus donos e as companhias aéreas fazem esse transporte regularmente.

4 – Gatos precisam de proteção dobrada. Telas e redes de proteção são indispensáveis para que o animal não caia. Além disso, não permita as “voltinhas noturnas”. O animal pode procriar, ser envenenado, se perder ou ser atropelado.

3 – Em caso de cães, passeios são imprescindíveis e devem ser feitos antes das 10h e depois das 16h, ou o sol pode queimar suas patinhas. Lembre-se, as necessidades do animal devem ser recolhidas.

5 – Eduque de forma carinhosa seu animal. É necessário impor limites, conforme orientação do veterinário responsável, de forma firme, mas nunca cruel. Lembre-se, filhotes requerem atenção dobrada. Nessa fase de desenvolvimento, é preciso paciência dobrada.

 

Para adotar um animal conosco, pela internet ou nos nossos eventos, é necessário:

– Ser maior de 18 anos

– Apresentar o comprovante de residência e o RG

– Ter equipamento de transporte do animal: caixinha, coleira ou cinto de segurança para carro

– Passar pela triagem, que avalia questões ligadas ao perfil familiar, rotina e histórico do adotante,  segurança e necessidades do animal.

 

A adoção de animais é uma forma de contribuir para que este quadro triste se reverta.  Contudo a adoção dever ser responsável, com consciência das necessidades e direitos do animal a ser adotado:

1 – A família toda deve consentir, respeitar e, se possível, colaborar para cuidar do novo ente da casa. Se todos dividirem as tarefas no trato do animal ele estará muito bem acolhido.

2 – Esteja ciente dos custos. Os animais precisam de ração e água à disposição, de um espaço adequado para brincar, não devem ser acorrentados e precisam regularmente de atendimento veterinário.

3 – Não procrie seu animal. A castração é um ato de amor, ela contribui para o controle populacional dos animais, auxilia no comportamento, evita fugas, doenças como Câncer e Piometra, acaba com disputa territorial, brigas e xixi fora do lugar.

4 – Animais não são descartáveis. Quando for tirar férias, providencie algum lugar para seu amigo ficar ou alguém que vá até a sua casa para cuidar dele. Existem muitos hotéis pets e cuidadores para te ajudar. Além disso, caso mude de país, cheque a legislação. A maioria dos lugares permitem a entrada de animais domésticos com seus donos e as companhias aéreas fazem esse transporte regularmente.

4 – Gatos precisam de proteção dobrada. Telas e redes de proteção são indispensáveis para que o animal não caia. Além disso, não permita as “voltinhas noturnas”. O animal pode procriar, ser envenenado, se perder ou ser atropelado.

3 – Em caso de cães, passeios são imprescindíveis e devem ser feitos antes das 10h e depois das 16h, ou o sol pode queimar suas patinhas. Lembre-se, as necessidades do animal devem ser recolhidas.

5 – Eduque de forma carinhosa seu animal. É necessário impor limites, conforme orientação do veterinário responsável, de forma firme, mas nunca cruel. Lembre-se, filhotes requerem atenção dobrada. Nessa fase de desenvolvimento, é preciso paciência dobrada.

 

Para adotar um animal conosco, pela internet ou nos nossos eventos, é necessário:

– Ser maior de 18 anos

– Apresentar o comprovante de residência e o RG

– Ter equipamento de transporte do animal: caixinha, coleira ou cinto de segurança para carro

– Passar pela triagem, que avalia questões ligadas ao perfil familiar, rotina e histórico do adotante,  segurança e necessidades do animal.

 

brisa

Brisa é uma gatinha amorosa e dócil. Está pronta para adoção e para dar muito carinho.

Adotar

elis

Elis tem 1 ano, é muito carinhosa e ama brincar! Agora, está esperando um lar!

Adotar

luckadotefim

Luck é muito macio e carinhoso. Está pronto para adoção e para dar muito amor.

Adotar

joaoemariaadotefim

Melhor que adotar um gatinho, é adotar dois! Garantia de amor em dobro! Adote os irmãos João e Maria!

Adotar

A adoção de animais é uma forma de contribuir para que este quadro triste se reverta.  Contudo a adoção dever ser responsável, com consciência das necessidades e direitos do animal a ser adotado:

1 – A família toda deve consentir, respeitar e, se possível, colaborar para cuidar do novo ente da casa. Se todos dividirem as tarefas no trato do animal ele estará muito bem acolhido.

2 – Esteja ciente dos custos. Os animais precisam de ração e água à disposição, de um espaço adequado para brincar, não devem ser acorrentados e precisam regularmente de atendimento veterinário.

3 – Não procrie seu animal. A castração é um ato de amor, ela contribui para o controle populacional dos animais, auxilia no comportamento, evita fugas, doenças como Câncer e Piometra, acaba com disputa territorial, brigas e xixi fora do lugar.

4 – Animais não são descartáveis. Quando for tirar férias, providencie algum lugar para seu amigo ficar ou alguém que vá até a sua casa para cuidar dele. Existem muitos hotéis pets e cuidadores para te ajudar. Além disso, caso mude de país, cheque a legislação. A maioria dos lugares permitem a entrada de animais domésticos com seus donos e as companhias aéreas fazem esse transporte regularmente.

4 – Gatos precisam de proteção dobrada. Telas e redes de proteção são indispensáveis para que o animal não caia. Além disso, não permita as “voltinhas noturnas”. O animal pode procriar, ser envenenado, se perder ou ser atropelado.

3 – Em caso de cães, passeios são imprescindíveis e devem ser feitos antes das 10h e depois das 16h, ou o sol pode queimar suas patinhas. Lembre-se, as necessidades do animal devem ser recolhidas.

5 – Eduque de forma carinhosa seu animal. É necessário impor limites, conforme orientação do veterinário responsável, de forma firme, mas nunca cruel. Lembre-se, filhotes requerem atenção dobrada. Nessa fase de desenvolvimento, é preciso paciência dobrada.

 

Para adotar um animal conosco, pela internet ou nos nossos eventos, é necessário:

– Ser maior de 18 anos

– Apresentar o comprovante de residência e o RG

– Ter equipamento de transporte do animal: caixinha, coleira ou cinto de segurança para carro

– Passar pela triagem, que avalia questões ligadas ao perfil familiar, rotina e histórico do adotante,  segurança e necessidades do animal.

 

brisa

Brisa é uma gatinha amorosa e dócil. Está pronta para adoção e para dar muito carinho.

Adotar

elis

Elis tem 1 ano, é muito carinhosa e ama brincar! Agora, está esperando um lar!

Adotar

luckadotefim

Luck é muito macio e carinhoso. Está pronto para adoção e para dar muito amor.

Adotar

joaoemariaadotefim

Melhor que adotar um gatinho, é adotar dois! Garantia de amor em dobro! Adote os irmãos João e Maria!

Adotar

brisa

Brisa é uma gatinha amorosa e dócil. Está pronta para adoção e para dar muito carinho.

Adotar

elis

Elis tem 1 ano, é muito carinhosa e ama brincar! Agora, está esperando um lar!

Adotar

luckadotefim

Luck é muito macio e carinhoso. Está pronto para adoção e para dar muito amor.

Adotar

joaoemariaadotefim

Melhor que adotar um gatinho, é adotar dois! Garantia de amor em dobro! Adote os irmãos João e Maria!

Adotar

A adoção de animais é uma forma de contribuir para que este quadro triste se reverta.  Contudo a adoção dever ser responsável, com consciência das necessidades e direitos do animal a ser adotado:

1 – A família toda deve consentir, respeitar e, se possível, colaborar para cuidar do novo ente da casa. Se todos dividirem as tarefas no trato do animal ele estará muito bem acolhido.

2 – Esteja ciente dos custos. Os animais precisam de ração e água à disposição, de um espaço adequado para brincar, não devem ser acorrentados e precisam regularmente de atendimento veterinário.

3 – Não procrie seu animal. A castração é um ato de amor, ela contribui para o controle populacional dos animais, auxilia no comportamento, evita fugas, doenças como Câncer e Piometra, acaba com disputa territorial, brigas e xixi fora do lugar.

4 – Animais não são descartáveis. Quando for tirar férias, providencie algum lugar para seu amigo ficar ou alguém que vá até a sua casa para cuidar dele. Existem muitos hotéis pets e cuidadores para te ajudar. Além disso, caso mude de país, cheque a legislação. A maioria dos lugares permitem a entrada de animais domésticos com seus donos e as companhias aéreas fazem esse transporte regularmente.

4 – Gatos precisam de proteção dobrada. Telas e redes de proteção são indispensáveis para que o animal não caia. Além disso, não permita as “voltinhas noturnas”. O animal pode procriar, ser envenenado, se perder ou ser atropelado.

3 – Em caso de cães, passeios são imprescindíveis e devem ser feitos antes das 10h e depois das 16h, ou o sol pode queimar suas patinhas. Lembre-se, as necessidades do animal devem ser recolhidas.

5 – Eduque de forma carinhosa seu animal. É necessário impor limites, conforme orientação do veterinário responsável, de forma firme, mas nunca cruel. Lembre-se, filhotes requerem atenção dobrada. Nessa fase de desenvolvimento, é preciso paciência dobrada.

 

Para adotar um animal conosco, pela internet ou nos nossos eventos, é necessário:

– Ser maior de 18 anos

– Apresentar o comprovante de residência e o RG

– Ter equipamento de transporte do animal: caixinha, coleira ou cinto de segurança para carro

– Passar pela triagem, que avalia questões ligadas ao perfil familiar, rotina e histórico do adotante,  segurança e necessidades do animal.

 

brisa

Brisa é uma gatinha amorosa e dócil. Está pronta para adoção e para dar muito carinho.

Adotar

elis

Elis tem 1 ano, é muito carinhosa e ama brincar! Agora, está esperando um lar!

Adotar

luckadotefim

Luck é muito macio e carinhoso. Está pronto para adoção e para dar muito amor.

Adotar

joaoemariaadotefim

Melhor que adotar um gatinho, é adotar dois! Garantia de amor em dobro! Adote os irmãos João e Maria!

Adotar

brisa

Brisa é uma gatinha amorosa e dócil. Está pronta para adoção e para dar muito carinho.

Adotar

elis

Elis tem 1 ano, é muito carinhosa e ama brincar! Agora, está esperando um lar!

Adotar

luckadotefim

Luck é muito macio e carinhoso. Está pronto para adoção e para dar muito amor.

Adotar

joaoemariaadotefim

Melhor que adotar um gatinho, é adotar dois! Garantia de amor em dobro! Adote os irmãos João e Maria!

Adotar

brisa

Brisa é uma gatinha amorosa e dócil. Está pronta para adoção e para dar muito carinho.

Adotar

elis

Elis tem 1 ano, é muito carinhosa e ama brincar! Agora, está esperando um lar!

Adotar

luckadotefim

Luck é muito macio e carinhoso. Está pronto para adoção e para dar muito amor.

Adotar

joaoemariaadotefim

Melhor que adotar um gatinho, é adotar dois! Garantia de amor em dobro! Adote os irmãos João e Maria!

Adotar

brisa

Brisa é uma gatinha amorosa e dócil. Está pronta para adoção e para dar muito carinho.

Adotar

elis

Elis tem 1 ano, é muito carinhosa e ama brincar! Agora, está esperando um lar!

Adotar

luckadotefim

Luck é muito macio e carinhoso. Está pronto para adoção e para dar muito amor.

Adotar

joaoemariaadotefim

Melhor que adotar um gatinho, é adotar dois! Garantia de amor em dobro! Adote os irmãos João e Maria!

Adotar